Artigos e notícias

Nutricionista da Bio Ritmo sugere onze alimentos que ajudam acelerar o metabolismo e queimar gordura – 15/10/2015

Artigos e notícias – Voltar para "Nutrição"Voltar para artigos e notícias

 

Acelerar o metabolismo parece ser uma tarefa mais fácil do que se imagina. Para quebrar todos os tabus de que essa é uma missão, quase, impossível, a doutora  Fúlvia Gomes Hazarabedian, nutricionista da Bio Ritmo, listou onze alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo e colaboram na queima de gordura. Segundo ela, é importante ingerir a comida devagar e mastigar bem. Reduzir o consumo de alimentos gordurosos, ricos em açúcar e farinhas refinadas, também é muito importante.

A doutora lembra que outro fator essencial é incluir fibras, que levam um maior tempo para serem digeridas e estendem o tempo de saciedade. Aumentar o consumo de alimentos antioxidantes como frutas e vegetais melhoram o rendimento e funcionamento do organismo “Uma das principais formas de acelerar o metabolismo basal é aumentar a massa magra, pois, para se manter ativo e também durante o exercício, o músculo gasta mais energia”, explica a especialista.

Confira onze alimentos que aceleram o metabolismo:

  •  A ingestão de água é fundamental para o bom funcionamento do sistema digestivo, respiratório e cardiovascular. Auxilia na eliminação de toxinas do organismo e na regulação térmica, além disso, atua em diversas reações de digestão e absorção de nutrientes. Ingerir água fria faz com que o corpo trabalhe mais para adequar a temperatura da água ao corporal, e este processo acelera o metabolismo. Indicação de consumo: fracionada, ao longo do dia.
     
  • O consumo do chá verde possui substâncias antioxidantes, que agem no combate ao envelhecimento das células, colaborando assim para a prevenção de doenças como alguns tipos de câncer. A bebida auxilia na perda de peso devido à cafeína presente em sua composição, que influencia no aumento da velocidade do metabolismo. Indicação de consumo: ao longo do dia, longe das refeições, e em alguns casos, antes do treino. Pesquisas recentes indicam compostos com função termogênica, além da cafeína, presentes no produto.
     
  • Ingestão de frutas ricas em água e vitamina C, com baixo teor calórico, como a laranja. Esses alimentos auxiliam na regulação da insulina, hormônio que, em elevadas concentrações, geram um maior acúmulo de gorduras. Indicação de consumo: como suco no café da manhã ou sobremesa do almoço.
     
  • Alimentos ricos em vitamina C e cálcio, como o brócolis, colaboram para uma diminuição na porcentagem de gordura corporal por possuir grandes concentrações de ácido alfa-lipóico, que assim como a laranja, também auxilia na regulação dos níveis de insulina. Indicação de consumo: no vapor, cozido ou refogado, acompanha bem carnes e grãos no almoço e jantar.
     
  • Alimentos ricos em cálcio, como o iogurte. Este é um nutriente fundamental para a manutenção da saúde óssea, e também contém proteínas, que contribuem para a formação de massa muscular. Indicação de consumo: no café da manhã, lanches intermediários ou até no pós-treino.
     
  • Consumir pimentas, pois elas possuem uma substância chamada capsaicina, que, segundo estudos, traz vários benefícios à saúde, dentre eles o estímulo ao sistema nervoso simpático que libera mais catecolaminas, levando a uma diminuição do apetite e, como consequência, a diminuição da ingestão calórica ao longo do dia. Indicação de consumo: no tempero de carnes, peixes, frangos e vegetais.
     
  • Inserir o salmão no cardápio, ele é rico em ômega-3, um acido graxo essencial que previne doenças cardiovasculares e aumenta o metabolismo basal. Indicação de consumo: boa fonte proteica para almoço e jantar.
     
  • Alimento com baixo valor calórico, rico em vitaminas B3, B6 e C, o gengibre possui ação antioxidante. Indicação de consumo: sucos, chás ou como tempero para carnes ou vegetais cozidos.
     
  • Consumir amêndoas e nozes, que são ricas em ácidos graxos monoinsaturados. Assim como o ômega-3 aumentam o metabolismo basal. Indicação de consumo: sem exageros, nos intervalos das refeições ou em saladas.
     
  • Colocar na dieta a aveia, que é rica em fibras solúveis e insolúveis, por isso, auxilia no controle da perda de peso. O alimento aumenta a sensação de saciedade. Indicação de consumo: no café da manhã ou lanche em vitaminas, com iogurte e/ou com frutas.

Fonte: Agência Ideal / Bio Ritmo – Foto: Shutterstock

Ferramentas

2013 © Midia Sport - Todos os direitos reservados | Política de privacidade | Termos de uso