Ironman, dica pré prova nº3.

Amole bem seu machado!

Por Edu Coimbra

Daqui para frente a preocupação não deve ser exclusivamente com o corpo. Nossa cabeça está a milhão podendo facilmente entrar em colapso.

Essa tensão existe e é inevitável, porém podemos facilmente aliviá-la. A dica é: amolar bem o machado!
Como assim?

Se tenho três dias para cortar uma árvore, passarei dois deles amolando meu machado… Essa é a máxima!

Num evento tão grande como esse não dá para abrir mão de um bom planejamento. Tente elencar todos os eventos que envolvem a prova. Família, estadia, traslado, alimentação, equipamentos, acessórios, pessoas, trabalho, dinheiro etc, etc, etc. Desmembre cada em desses eventos em sub-eventos até chegar ao menor nível possível. Daí para frente separe esses micro eventos em dois times: variáveis controláveis e variáveis não controláveis. 

As variáveis controláveis dependem quase que exclusivamente de você: revisão da bike, compra da suplementação da prova, contratação do taxista, itens de reserva, pagamento da estadia, quem vai ficar com o cachorro, quem vai tratar do periquito, fardamento se frio, fardamento se calor, simulação de transição, simulação de troca de pneu etc.
As variáveis não controláveis são aquelas que não dependem de você: condições climáticas, trânsito, atraso do vôo etc. Para essas você tem que ter um bom plano de contingência.

Por quê essa papagaiada?

Simples: uma variável controlável negligenciada e que aparece na hora errada estraga tudo! Frita sua cabeça e você entra em parafuso, portanto, livre-se de todas elas na medida do possível.

Lembro de um exemplo que aconteceu em 2011: o horário em que chegamos para a largada da prova é uma variável controlável, depende de nós. É nosso hábito chegarmos 1h30 adiantado (alguns preferem chegar atrasados). Assim que chegamos na transição e fomos abastecer as bikes o Prunonosa gritou: “kct… meu pneu furou!” Correria geral…” kd mecânico?”…” tiro tudo da bolsinha ou não?”… “quem tem bomba?” E o locutor dizendo: a transição fechará em 20min… 15min… 10min… 5min… Socorro!!!!!

Resumo: Se você negligenciar a hora de chegada para a largada não há problema… desde que não ocorra nenhum problema…Mas se Deus cochilar ou não conseguir acudir todos ao mesmo tempo tua vaca vai pro brejo com chifre e tudo. Ah… e nenhum amigo vai poder te ajudar porque ele também está no “salve-se quem puder” 

Amole bem seu machado antes de cortar a árvore!!!!!! Livre-se das variáveis controláveis o quanto antes possível e estabeleça um bom plano de contingência para as incontroláveis!!!!!

Edu Coimbra

Leia também as outras 4 dicas do Edu.

5 ideias sobre “Ironman, dica pré prova nº3.

  1. Pingback: Ironman, 5 dicas para ser sonho e não pesadelo. | Blog do Amato

  2. Pingback: Ironman, dica pré prova nº5. | Blog do Amato

  3. Pingback: Ironman, dica pré prova nº4. | Blog do Amato

  4. Pingback: Ironman, dica pré prova nº1. | Blog do Amato

  5. Pingback: Ironman, dica pré prova nº2 | Blog do Amato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>