Ecomotion/Pro em números.

116h 9min tempo de prova da equipe campeã.

A estimativa dos organizadores era de 80h, ou seja, a navegação foi mais difícil que o esperado.

As equipes tinham até 145h (7 dias) para completar os 620km, podendo ser *cortada uma ou duas vezes em alguns trechos, para concluir o percurso dentro do tempo.

*cortar caminho por orientação da organização, para concluir o percurso dentro do tempo. É como se a equipe ficasse “uma volta atrás” das que não tomaram corte.

32 equipes e 128 atletas.

24 equipes completaram o percurso, porém apenas 3 delas sem corte.

1 mulher em cada equipe (exceto a Issy Triathlon que veio com 4 homens querendo participar e não competir).

12 países representados (Brasil, Uruguai, Argentina, Colômbia, Paraguai, Costa Rica, Canadá, França, Suécia, Espanha, China e Nova Zelândia).

10º ano de Ecomotion/Pro sempre em lugares diferentes do nosso Brasil.

45 PCs (pontos de controle) as equipes passam completas por cada ponto. No caso de corte, a equipe é orientada a seguir para um PC mais avançado cortando caminho, mas ainda por seus próprios meios.

É proibido qualquer tipo de aparelhos de GPS. (a organização forneceu um localizador para cada equipe “yellowbrick” para monitorar a localização das equipes, por questões de segurança e para os torcedores seguirem suas equipes em tempo real através do site do evento).

Distâncias em cada modalidade:

  • Trekking               169,2km = 27%
  • Coastering             11,2km = 2%
  • Mountain Bike       277,2km = 45%
  • Canoagem           153,5km = 25%
  • Natação                    3,5km = 1%
  • Travessia em barco 6,2km = 1%
  • Técnicas verticais    0,1km = 0%
  • Caving                      0,3km = 0%

Sequência das modalidades durante a prova:

  • 4km canoagem;
  • 65,2km trekking;
  • 3,5km natação;
  • 35,9km canoagem;
  • 2,8km trekking;
  • 10,6km canoagem;
  • 73,6km mountain bike;
  • 78,9km trekking;
  • 80km mountain bike;
  • 5,3km trekking;
  • 0,3km caving;
  • 50m técnicas verticais;
  • 27,4km trekking;
  • 49,2km canoagem;
  • 130,4km mountain bike;
  • 54km canoagem

= 621km sem contar os erros na orientação cartográfica que é bem comum.

15 transições de modalidade.

A organização começa os trabalhos 6 meses antes da prova.

Mais de 150 profissionais envolvidos nas seguintes áreas:

  • Administrativa / Institucional;
  • Levantamento de percurso e atualização de mapas;
  • Produção;
  • Comunicação;
  • Transmissão online;
  • Captação e edição de imagens;
  • Fotógrafos;
  • Rádios;
  • Médica;
  • Resgate;
  • Logística;
  • Motoristas;
  • Ação social;
  • Fiscais de prova;
  • Técnicos de cada modalidade;
  • Assessoria de imprensa;
  • Direção de prova;
  • Direção de conteúdo.

A estrutura:

  • 9 ônibus;
  • 10 carros;
  • 2 vans;
  • 5 caminhões;
  • 80 caiaques;
  • 6 lanchas de segurança.

Foi uma grande oportunidade poder acompanhar de perto tanto os atletas quanto a organização, a logística é muito complexa dos dois lados e realmente o espetáculo é digno do esforço, capacidade de superação e dedicação de todos.

Enzo Amato

Como foi a prova.

Conhecendo o Ecomotion/Pro 2013

Uma ideia sobre “Ecomotion/Pro em números.

  1. Pingback: Conhecendo o Ecomotion/Pro 2013 | Blog do Amato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>