Á civilização, é pra onde quero ir.

Hoje, dia 31/01/2014, São Paulo, século XXI, uma briga de trânsito resultou na morte a facadas de um dos envolvidos. Pouco antes nesse mesmo dia, uma ouvinte da rádio que ouço reclamava de um ciclista que, por estar na via obrigou um ônibus a desviar dele, provavelmente atrapalhando o caminho da ouvinte.

Não me conformo com o absurdo a que estamos nos acostumando, a vida não vale nada e dessa forma maluca o trânsito continuará a ser uma selva, dividindo caça e caçador ao invés de sermos todos seres humanos. No caso de hoje as pessoas estavam em carro e caminhão.

Será que o problema é do veículo que se usa ou das pessoas?

Tenho carro, moto e bicicleta e uso-os de acordo com minha conveniência, posso opinar com clareza e sem dividir veículos em gangues.

  • Na bike, me sinto as vezes invisível e as vezes a caça.
  • Na moto, me sinto ágil e passo por onde posso, como qualquer carro faria.
  • No carro, me sinto confortável e lento, se pudesse ser ágil como a moto, seria!

Existem idiotas dirigindo todos os veículos. Ninguém é mais respeitador por dirigir um ou outro veículo.

Pequenas decisões podem gerar grandes consequências, essa é a rotina do trânsito em países “em desenvolvimento”. Que pena!

Tenho medo de pedalar porque posso ser desrespeitado, roubado ou morto, de moto também e de carro também, pergunto outra vez, o problema é o veículo ou as pessoas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>